Como funciona o controle de biossegurança em odontologia?


Entende-se por Biossegurança em Odontologia o conjunto de procedimentos utilizados no consultório ou clínica odontológica com o objetivo de promover proteção e segurança ao paciente, ao profissional e equipe.

Para prevenir a transmissão de doenças é fundamental o emprego correto de medidas de controle de infecção, como a utilização de equipamento de proteção individual (EPI), a esterilização adequada dos instrumentais, a desinfecção dos equipamentos, superfícies e ambientes, bem como a anti-sepsia do paciente.

São essenciais a padronização e manutenção das medidas de biossegurança, através da criação e execução de protocolos específicos, como forma eficaz de redução de risco ocupacional, de infecção cruzada e transmissão de quaisquer tipos de doenças. Utilizamos estes protocolos para todo o ciclo de funcionamento do atendimento do consultório, antes, durante e após o atendimento.

O uso de EPIs e de diversos materiais descartáveis (vale lembrar que devem ter o descarte adequado, com a devida coleta de lixo especial), barreiras e campos de trabalho, preparo do instrumental para esterilização (pré-lavagem, ultrassom, secagem, embalagem), esterilização por calor úmido, limpeza e desinfecção de ambientes e superfícies. Testes biológicos para checar a eficiência da esterilização, bem como a manutenção preventiva da autoclave, são realizados periodicamente. Tudo com muita atenção e cuidado para assegurar segurança e saúde para todos.

0 visualização
  • Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Cinza ícone do YouTube

© 2019 por PAIVA ODONTOLOGIA